Edições Histórico dos Concertos Notícias Contactos
Notícias [Arquivo]

  V Ciclo de Órgão | Igreja da Ameixoeira | 18 de Abril | 16h00   voltar

Jesús Gonzalo López, órgão | Obras de B. Iñiguez, M. Hilarión Eslava y Elizondo, V.Metón, N. Ledesma, D. Olleta, A. Simón

Programa

Hilarión Eslava e a Escola Romântica Espanhola de Órgão

Buenaventura Iñiguez (1840-1902)
Entrada de procissão
Elevação n.º 5 (Prece e Adoração)

Miguel Hilarión Eslava y Elizondo (1807-1878)
Ofertório n.º 8 (Sobre o hino «O! Gloriosa virginum»)

Valentín Metón (f. 1860)
Elevação (Adoração e Prece)

Miguel Hilarión Eslava y Elizondo (1807-1878)
Ofertório n.º 9 (Sobre o hino «Ave maris stella»)

Nicolás Ledesma (1791-1883)
Prece

Domingo Olleta (1819-1890)
Jogo de versos de primeiro tom

A. Simón (fl. séculos XIX-XX)
Ofertório

Miguel Hilarión Eslava y Elizondo (1807-1878)
Meditação

Repertório Litúrgico (princípios do século XX)
Salida

Miguel Hilarión Eslava y Elizondo (1807-1878)
Ofertório n.º 5 (Sobre o hino «Pange lingua»)





Jesús Gonzalo López
Natural de El Burgo de Osma (Soria), iniciou os estudos de música com Bienvenido García, cónego organista desta vila episcopal, usufruindo da antiga tradição de ensino praticado nas capelas musicais das catedrais espanholas. Entrou no mundo do órgão por influência de Lucía Riaño estudando posteriormente Órgão e Cravo no Conservatório Superior de Música de Saragoça, na classe de José Luís González Uriol, complementando a sua formação com Jan Willen Jansen (Cravo) e Macario Santiago Kastner (Musicologia). As influências do musicólogo Pedro Calahorra e do gregorianista Luís Prensa mostraram-se decisivas no seu posterior desenvolvimento profissional.
Como intérprete, já se apresentou por toda a Espanha, assim como noutros países, nomeadamente em Inglaterra, Irlanda, Líbano, França, Suíça, Estónia, Andorra, Holanda, Portugal, Marrocos, Itália e Uruguai. Conta no seu activo com doze gravações em CD, além da publicação de treze livros de temática musicológica e organológica, e de vários artigos a convite de revistas especializadas. Músico polifacetado, colaborou em montagens teatrais (Domus Aurea, Teatro La Luna, etc.), dança contemporânea (Ballet Víctor Ullate), cinema de animação (C. López), música tibetana e canto de harmónicos (Vox Vocis), etc.
Foi professor de Cravo no Conservatório Superior de Música de Salamanca de 1992 a 1994 e, em 1999, obteve por concurso o lugar definitivo de professor de Cravo no Conservatório Profissional de Música de Saragoça.
Desde há cerca de vinte anos que é membro da secção de Música Antiga da Instituição Fernando, o Católico, e professor do seu Curso Permanente de Órgão, sendo também da sua responsabilidade a coordenação das Jornadas Internacionais de Órgão de Aragão. Desde 1996 que pertence ao conselho de assessoria da revista aragonesa de musicologia Nasarre.
Realizou vários trabalhos de assessoria em processos de restauro de órgãos históricos para a Junta de Castilla y León e para o Governo de Saragoça.
Técnico-assessor do Governo de Aragão para o restauro de órgãos históricos desde 1999, é também presidente da Associação para a Conservação do Património Musical Medieval de Aragão, além de director artístico da colecção discográfica «Órganos Históricos en Aragón» e da colecção, em formato-livro, intitulada Patrimonio Musical Aragonés. Em 2002, patrocinado pelo Governo de Aragão, começou a dirigir o projecto de catalogação de órgãos «PETRUS - Órganos Históricos en Aragón para el siglo XXI». É, desde o Verão de 2008, professor do Curso de Órgão de Briones na Rioja.

Iniciativa: Academia de Santa Cecília
Apoio: Antena 2
Apoio à Produção: Juventude Musical Portuguesa
(JMP), 11-04-2010
Copyright © 2006-2017 Grupo MediaMaster. Todos os direitos reservados.