Edições Histórico dos Concertos Notícias Contactos
Notícias [Arquivo]

  Temporada de Música dos Açores | De Março a Dezembro de 2010 em todo o Arquipélago | Produção: Juventude Musical Portuguesa   voltar

A Temporada de Música dos Açores 2010 é uma iniciativa da Presidência do Governo Regional dos Açores através da Direcção Regional da Cultura. Mais info: www.azorestemporada.com

Apresentação da Temporada de Música 2010

A Temporada de Música 2010, continuando a projectar a Região como promotora de iniciativas musicais, tem como principais objectivos trazer ao público açoriano artistas que habitualmente se apresentam noutras cidades nacionais e estrangeiras, para além de, através de actividades nas rádios e nos jornais, divulgar a música clássica. Seguindo esses princípios, a presente Temporada organiza-se em três áreas distintas: concertos e espectáculos, formação e divulgação e, por último, criação.

Para além disso, refira-se que a Temporada, este ano, se associa às Comemorações do Centenário da República, dando, consequentemente, especial destaque à música dos séculos XX e XXI. Nesse âmbito, foi encomendada uma obra para orquestra ao compositor Luís Filipe Pires, obra evocativa dos dois primeiros presidentes da República (os açorianos Manuel de Arriaga e Teófilo Braga), a estrear pela Orquestra Gulbenkian no dia 2 de Outubro no Teatro Micaelense. Também no mesmo Teatro, a 23 de Outubro, apresentar-se-á, igualmente associado às referidas Comemorações, um espectáculo da Companhia Olga Roriz, com os bailados Electra e A Sagração da Primavera. O bicentenário dos nascimentos de F. Chopin e R. Schumann serão igualmente assinalados com um recital de violoncelo e piano por um dos grandes violoncelistas da actualidade, o russo Ivan Monighetti, acompanhado por Pavel Gililov, a 4 e 5 de Junho nos teatros Angrense e Micaelense, respectivamente.

Outro dos grandes acontecimentos da temporada terá lugar em Outubro e trata-se do Concerto de Laureados do Prémio Jovens Músicos com a Orquestra Gulbenkian, em que será, como já foi referido, estreada a obra encomendada. Aquele Prémio, fundado em 1987 pela Radiodifusão Portuguesa, constitui o mais importante concurso nacional de música, tendo feito, nas últimas três edições, os seus concertos de laureados em Lisboa (Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian), no Porto (Casa da Música) e em Faro (Teatro Municipal). Este concerto será transmitido em directo para todo o País pela RDP e em diferido pela RTP-2.

Mais concertos com orquestra serão realizados no âmbito das actividades formativas desta Temporada. Trata-se de três grandes concertos comentados para a população estudantil, em São Miguel, Terceira e Horta, nas escolas «Antero de Quental», «Tomás Borba» e «Manuel de Arriaga», respectivamente, em data a anunciar, em Outubro, com a Orquestra Académica Metropolitana, que se apresentará com 55 músicos dirigidos pelo maestro Jean-Marc Burfin.

Seis dos cerca de 42 concertos já programados, serão coproduzidos por «Açores Região Europeia 2010», nomeadamente os recitais de acordeão e violoncelo pelos finlandeses Mika Väyrynen, um dos maiores acordeonistas mundiais, e Jan-Erik Gustafsson, em Novembro, no Centro Cultural da Graciosa (dia 3), na Igreja Matriz da Horta (dia 5) e no Teatro Micaelense (dia 7). Os outros três recitais serão de música antiga, pela conhecida meio-soprano francesa Guillemette Laurens e pelo alaudista português residente em Paris Miguel Yisrael, em Dezembro, nas Lages do Pico (dia 15), no Museu das Flores (dia 17) e no Museu de Santa Maria (dia 19).

Entre as obras mais importantes que se irão ouvir, para além de muitas outras que se estendem por seis séculos de música, destaque-se – pelo Sond’ Ar-te Electric Ensemble, com a cantora britânica Frances Lynch, dirigido por Jean-Sébastien Béreau, no Teatro Angrense, em Dezembro – de Arnold Schoenberg (1874-1951), Pierrot Lunaire (1912), obra constituída por 21 canções para quinteto e voz sobre poemas de Albert Giraud, e que, tal como A Sagração da Primavera (1913) de Igor Stravinski (1882-1972), é absolutamente paradigmática da música da primeira metade do século XX.

Por sua vez, os jornais Açoriano Oriental e Diário Insular dedicarão páginas mensais à Temporada, publicando informações relativas à música e ao Centenário da República, à programação em geral, aos compositores, aos intérpretes e à história dos locais onde se irão realizar os concertos. A rádio transmitirá semanalmente o programa «A Europa da Música», programa no qual, para além de informações sobre os principais compositores europeus, se fala, na generalidade, sobre a época e locais onde nasceram ou estrearam as suas principais obras, contextualizando esses acontecimentos com momentos importantes da história europeia.

O concerto de abertura será no próximo dia 19 de Março, às 21:30, no Museu de Angra do Heroísmo, Igreja de Nossa Senhora da Guia. A orquestra de cordas «Camerata Alma Mater», dirigida por um dos mais promissores maestros portugueses, Pedro Neves, apresenta-se pela 1.ª vez com obras de Joly Braga Santos, D. Chostakovitch e P. I Tchaikovski. Formada na sua maioria por laureados do Prémio Jovens Músicos, conta ainda com a presença de nomes relevantes do panorama musical português como são os casos do violinista Aníbal Lima e do violoncelista Paulo Gaio Lima.

A Temporada decorrerá até Dezembro com concertos em todas as ilhas do Arquipélago, alguns dos quais com músicos açorianos. Ouvir-se-ão orquestras e agrupamentos instrumentais, recitais com solistas, música de câmara, música antiga e contemporânea, concertos de órgão, concertos com laureados, teatro musical e bailado. Estão ainda previstos concertos ao ar livre.

A Temporada de Música 2010 é uma iniciativa da Presidência do Governo Regional dos Açores, através da Direcção Regional da Cultura. Tem como director artístico Emanuel Frazão e é produzida pela Juventude Musical Portuguesa.



O Director Regional da Cultura


Jorge Augusto Paulus Bruno
(JMP), 19-03-2010
Copyright © 2006-2017 Grupo Megaglobal. Todos os direitos reservados.